Brasil de Bolsonaro: 4 em cada 10 estão na informalidade (IBGE)

brasil informalidade #

G1

O ano de 2019 foi marcado por um desemprego ainda resistente, mas com a quantidade de pessoas que trabalham por conta própria e sem carteira assinada, os chamados informais, batendo sucessivos recordes históricos. A taxa de informalidade no mercado de trabalho superou o patamar de 41%, a maior proporção desde 2016, quando o IBGE passou a investigar esse índice. Ou seja, de cada 10 trabalhadores ou empregadores, 4 estão atuando na informalidade.

(…)

Em tempo: Informalidade é o trabalho sem garantias (previdência, CLT, sem vínculo algum com o Estado ou empresas…)

Em tempo 2: no Acre, além de não haver oportunidade de emprego, metade da população é completamente pobre, como já mostrou o IBGE…piorou tudo no Brasil a partir de 2016…

pobreza
Ruas de Rio Branco, capital, do Acre, são o reflexo do empobrecimento da população (foto:oestadoacre)

J R Braña B.