Marco regulatório: prioridade é privatizar a água/saneamento

marco saneamento #

Acre tem primeira morte por covid-19-coronavírus confirmada…uma mulher

Agência Senado

saneamento
Foto: Fernando Frazão, Agência Brasil

As medidas de prevenção contra o coronavírus recomendadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS), como lavar as mãos com água e sabão, são quase impossíveis de serem adotadas por boa parte da população do Brasil. Dados do Sistema Nacional de Informação sobre o Saneamento (SNIS) mostram que 35 milhões de brasileiros não têm acesso a água tratada e cerca de 100 milhões não têm serviço de coleta de esgoto.

(…)

Em tempo: Senado quer aproveitar a pandemia do covid-19-coronavírus para empurrar mais uma medida e prejudicar a população, que é privatizar a água e o serviço de saneamento…essa é a prioridade…fazer chegar água/saneamento aos milhares que não têm…isso fica para as calendas… – J R Braña /B.