Senhor Adriano, economia que importa é a economia da vida humana

eficaz #

62 mortes no Acre, segundo a Sesacre…boletim no final do post

eficaz
Presidente da Fieac, José Adriano, que contesta medidas de isolamento e diz que decretos do governo são ‘ineficazes’

Presidente da Fieac contesta medidas de isolamento do poder público e diz que decretos são ‘ineficazes‘. O presidente da Fieac, José Adriano, só ver a economia de números e lucros…e não compreende que a economia que importa é a economia de vida humanas (poupar as vidas da morte) que estão indo embora por um doença que ainda não se tem uma vacina…a única alternativa até agora é o isolamento.

Os empresários precisam pressionar o governo federal (Bolsonaro e Paulo Guedes), para que adote medidas para garantir os empregos…subsidiando empresas para manter seus negócios…as pequenas e médias empresas precisam receber do Estado Brasileiro recursos mensais para não quebrarem…isso, sim, presidente Adriano, é que os empresários deveriam estar buscando…com a contrapartida de não demitir, óbvio.

Em tempo: boletim oficial Sesacre..saiba tudo aqui

J R Braña B.