Socorro Neri: ‘Não aceitei ser uma prefeita marionete (v)

#prefeitasocorro

A convidada de oestadoacre, live é a prefeita da capital Socorro Neri…vídeo ao final do post

socorro neri

-Ainda temos que fazer um sacrifício imenso

-É muito difícil cuidar de quem não quer ser cuidado.

-Estamos vivendo a maior crise da nossa geração

-Deixamos de arrecadar nesses três meses algo em torno de 126 milhões

-Vamos ter que enxugar até de onde não tem mais como enxugar

-Tenho buscado não politizar sobre a pandemia

-Eu não posso deixar de tomar medidas mesmo que sejam vistas como antipáticas por parte da população

-O isolamento é a grande estratégia para conter a contaminação

-Nós não temos informações privilegiadas

-Desde quando assumi já não havia recursos para grandes projetos

-Agora essa realidade se aprofunda

-A forma como faço política não agrada a muitos

-Não estou disposta a pagar qualquer preço para me manter na política, para ser eleita

-Não vão me intimidar com ataques nas redes sociais

-Estou aberta a conversar com as pessoas

-Mas minha prioridade é cuidar da gestão e da crise sanitária

-Não há nada que me impeça ser candidata

-Eu não rompi com o PT

-Queriam que eu fosse uma prefeita marionete

-Quem tenta me intimidar está perdendo tempo

-Eu gosto muito do governador (GladsonC)

-Tenho hábito de rezar em dias de muita angústia

-O ideal era não ter mortes nessa pandemia

-Não temos ainda como falar em tempo de quando as aulas vão voltar

-Ano letivo de 2020 terá que ser tratado em ciclo com o ano de 2021

-Considero muito grave o momento que estamos vivendo no Brasil

-Não podemos tergiversar…o nosso lado é o lado da democracia…como cidadã e prefeita de Rio Branco

-Espero que esse prenúncio de ruptura (institucional) não se concretize

Assista abaixo: