Bom dia… (com Gabriel García Marquez) (v)

#bomdia

Uma história maravilhosa, em vídeo no final do post, do escritor Gabriel García Marquez…que traduzimos em português para você.

bom dia

Gabo conta como ele e a mulher, os dois sem grana – conseguiram enviar pelo correio 700 folhas de papel com a história de ‘100 anos de Solidão’ para a editora…Do México à Argentina.

-No dia que terminei ‘100 anos de Solidão’, Mercedes e eu fomos ao correio.

-Eram 700 páginas…pesaram e disseram ‘custa’ 83 Pesos do México à Argentina.

-Mercedes me disse: só temos 45.

-Eu disse: É fácil…parti o livro ao meio e pedi que pesassem o livro até 45 Pesos.

-Pesaram como quem corta carne…até os 45 Pesos.

-Quando chegou aos 45 Pesos segurei as folhas, as enrolei e as mandei…e ficamos com o restante das folhas do  livro e fomos para casa.

-Mercedes pegou as últimas coisas que tínhamos para empenhar: o aquecedor que eu usava para escrever, porque eu escrevo em qualquer situação, menos no frio…pegou o secador de cabelo e o misturador…Mercedes foi ao Monte Piedade (zona comercial na cidade do México) e lhe deram 50 Pesos por essas coisas.

– E voltamos com o resto das folhas do livro ‘100 Anos de Solidão’ ao correio.

-Eles pesaram e disseram: custa 48 Pesos

-Mercedes pagou com os 50 Pesos e lhe deram dois de troco.

-E me dei conta quando saíamos do correio que Mercedes estava verde de irritação e me disse: ‘agora só falta que esse livro não faça sucesso.’

Assista:

Em tempo: Mercedes intuiu errado…100 Anos de Solidão é extraordinário e se transformou numa das obras literárias mais importantes de todos os tempos.

J R Braña B.


petecão