‘A morte excita Bolsonaro…..um pedaço do Brasil é perverso como ele…

morteexcita

…Bolsonaro não é diferente do país que o elegeu’ – João Moreira Salles (documentarista e fundador da revista Piauí).

Via DCM e Revista Piauí

morte

Trecho da revista Piauí:

(…)

É isso. Em 1964, o poder foi tomado à força. Em 2018, 57,7 milhões de brasileiros sufragaram a versão piorada de um regime odioso. Outros 11 milhões anularam ou votaram em branco. No fim das contas, talvez fosse inevitável chegarmos a isso. Bolsonaro não é diferente do país que o elegeu. Não todo o Brasil, nem mesmo a maioria do Brasil (uma esperança), mas um pedaço significativo do Brasil é como Bolsonaro. Violento, racista, misógino, homofóbico, inculto, indiferente. Perverso.

(…)