11 para 14%: Prof. Justino critica aumento de alíquota previdenciária para servidores

servidorespmrb

Aumenta de 11 para 14% a alíquota previdenciária para os servidores do município de Rio Branco

justino
Professor Justino Queiróz

No meio de uma pandemia a prefeitura de Rio Branco aumenta a alíquota previdenciária dos servidores, que sai de 11 para 14%. Para o professor Justino Queiróz, a medida não ajuda a enfrentar os problemas da pandemia em Rio Branco, ‘Pelo contrário, reduz ainda mais o já baixo salário do servidor municipal’, diz.

Para Justino, essa pauta (aumento da alíquota previdenciária) só poderia entrar em debate após a pandemia, haja vista que os servidores, juntamente com o restante da sociedade estão focados na prevenção e cuidados de suas próprias vidas. ‘Não tem cabimento uma decisão dessas da prefeitura neste momento. É um total equivoco da prefeitura’, ressalta o professor.

Justino argumenta:

-Porque não deixar esse assunto para depois que passar a pandemia? A maioria dos servidores de apoio da secretaria municipal de educação (merendeiras, assistente escoar e de creche) recebe um salário mínimo e esses 3% a mais na alíquota faz muita diferença no ganho real do servidor.

Justino afirma que o ‘momento não é ideal para uma decisão da prefeitura de Rio Branco que vai prejudicar os servidores’.

E finaliza:

-Não tinha outra hora para isso?


petecão