Fura-fila da vacina: Assembleia vai ouvir diretor da Policlínica da PM

depedvaldo

GabParl

edvaldo
Dep Edvaldo Magalhães

Deputados aprovam requerimento de Edvaldo para ouvir diretor de Policlínica da PMAC sobre os fura-filas

Os membros da Comissão Especial de Acompanhamento das Ações de Enfrentamento à Pandemia de Covid-19 aprovaram, no final da tarde de ontem (10), por unanimidade, o requerimento apresentado pelo deputado Edvaldo Magalhães, que convoca o diretor-geral da Policlínica da Polícia Militar, coronel Wagner Austregesilo Stanislau de Araújo, para prestar esclarecimentos a respeito das denúncias de fira-filas da vacina anticovid.

Edvaldo Magalhães quer saber a respeito do processo de vacinação e das denúncias de fura-filas, divulgadas pela imprensa do Acre esta semana. Consta que a estagiária Dayanna Menezes, esposa do coronel da Polícia Militar Ulysses Araújo, recebeu a primeira dose da vacina, embora ela não pertença ao quadro de profissionais de Saúde da Policlínica, como preconiza o Ministério da Saúde com relação aos grupos prioritários. A alegação de que ela presta serviço na unidade, na condição de estagiária, não convenceu os membros da Comissão.

A data para que Wagner Austregesilo compareça à Comissão deve ocorrer após o recesso de carnaval. Entre os questionamentos está: quais os critérios utilizados para a vacinação de servidores, funcionários e estagiários. O requerimento aprovado também pede uma lista com nome do imunizado, função que ocupa e data em que foram aplicadas as doses da vacina anticovid.

(…)