Opção é o fogareiro: Parabéns, Bolsonaro mito!

acregás

no ac

sem grana

Com os sucessivos aumentos no preço do gás de cozinha, muitos acreanos estão abandonando -ou pelo menos tentando usar menos –o velho e precioso botijão para se aventurar nos fogareiros à lenha. “Tem muita gente procurando”, confirma dona Jamília Azevedo, que produz modelos com uma e duas bocas a R$80 e R$130 e atende a cidade de Rio Branco.

(…)

A outra solução é resignar-se e pagar mais de R$ R$100 num botijão de 13kg de gás. Se morar no Jordão, a botija não sai por menos de R$150.

(…)

Em tempo: no governo Dilma o botijão de gás em Rio Branco custava R$ 34 e R$ 50 compravam 19 litros de gasolina. Como melhorou a vida de lá pra cá….!

Em tempo 2: contém ironia..avisando aos desatentos.