Inflação nas nuvens: Preço das passagens aéreas subiu 56,8%

#inflação

Prometeram que depois que aprovassem a cobrança das bagagens o preço iria baixar e todo ser mortal ia poder entrar num avião…essa mentira é da mesma série da reforma trabalhista (que iria gerar milhões de emprego e não gerou nada..gerou!…gerou muito miséria e desemprego)..Leia abaixo em matéria da revista PEGN.

passagens

No momento em que cerca de 70% da população brasileira está vacinada contra a covid-19 ao menos com a primeira dose e se sente mais à vontade para retomar viagens aéreas, um fator pode complicar os planos de voar: o preço dos bilhetes. A inflação generalizada pesou sobre o setor de aviação. No acumulado de 12 meses, as passagens aéreas tiveram alta de 56,81%, ficando atrás apenas de quatro itens, três deles do grupo de alimentos, além do etanol. A diferença é considerável se comparada ao índice geral da inflação acumulada de 12 meses, que ficou em 10,25%, o maior desde fevereiro de 2016.

(…)