Educação: Manter o que já existe não é avanço

#educação

professores

Na imprensa amiga, majoritariamente, os meandros da proposta do governo aos servidores da Educação não é esmiuçada e passa a valer as manchetes que geram meias verdade. O zunzunzum de que a SEE vai apresentar a sua proposta mantendo os mesmos interstícios da tabela de progressão já existente, não será avanço…é apenas a manutenção do que já existe. Avanços seriam o cumprimento do piso com a reposição nacional com reajuste linear em todas as faixas e a incorporação no salário do auxílio alimentação, que favoreceria também os aposentados.

Atenção, deputados!!…atenção, professores!

J R Braña B.