Fracasso: Quase metade do Acre depende do ‘Auxílio Brasil’

#fracasso

Do Caged e Ministério da Cidadania: numero de pessoas no Acre que recebem Auxílio Social é maior que o numero de empregos com carteira assinada

auxílio
Fonte Caged e Ministério da Cidadania – dados de fevereiro 2022

(…)

Dados do Caged e Ministério da Cidadania indicam que o número de pessoas que recebem o Auxílio Brasil (antigo Bolsa Família) supera o de empregos com carteira assinada no Acre. Três anos do governo ‘Visão de Futuro’ (mais o abandono da agricultura familiar, o fim dos programas de compra da produção e inexistência de um programa de desenvolvimento inclusivo) e a situação social piorou no estado…Não fosse a transferência de renda aos completamente pobres feita pela União as coisas estariam muito pior. Traduzindo: mais de 400 mil pessoas (quase metade da população do Acre) dependendo daquelas filas humilhantes que se vê nas agências da Caixa Econômica para receber o Auxílio Brasil.

O consolo: Acre não está sozinho nesse flagelo: todos os de laranja acima estão na mesma situação. É a glória do governo Bolsonaro e a glória do governo GladsonC. Aqui você acompanha na íntegra o trabalho do Poder 360

J R Braña B.