Bolsonaro volta defender armas (emprego e salário…esquece!)

#armas

Veja, revista

(…) -Nesta tarde, ao falar do preço do combustível, Bolsonaro emendou com frases de aceno ao armamento da população, a fim de exaltar os agricultores que estavam no evento. “Povo armado jamais será escravizado”, bravejou. “Esse governo não teme – muito pelo contrário, fica muito feliz – quando cidadãos de bem e responsáveis buscam comprar uma arma de fogo. (…)

armas
Evento em Santa Rosa, Rio Grande dos Sul

(…)

Em tempo: emprego, moradia, saúde, educação, preço justo para gasolina, diesel, arroz, feijão, energia…dinheiro no bolso das famílias, isso nem pensar…!

Em tempo 2: Lula defende cultura, música…emprego, livros ao invés de armas…assista..

oestadoacre

print