Nota do Movimento de Direitos Humanos do Acre

Nota do Movimento de Direitos Humanos do Acre

O Movimento de Direitos Humanos do Acre vem por meio deste repudiar a atitude da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos do Acre, que através de seu departamento de ouvidoria pediu a prisão domiciliar do senhor Antonio Manuel Camelo Rodrigues, autos: 0007871-75.2003.8.01.0001 tido como um dos pedofilos mais bárbaros do estado, tendo em vista que o mesmo feriu com atrocidades físicas e psicológicas a infância da sociedade Acreana, trazendo sequelas e perdas irreparáveis a adolescentes e crianças tidas como vitimas de suas ações reprováveis pela sociedade até os dias de hoje.     

O Movimento de Direitos Humanos do Acre repudia que a secretaria de Justiça e Direitos Humanos do Acre use a estrutura de estado através de seu departamento de ouvidoria para favorecer  exclusivamente o senhor Antonio Manuel Camelo Rodrigues não manifestando o mesmo interesse para outros reeducandos na mesma condição ou pior.

 

Jocivan Santos-Presidente