Trabalhador morre esmagado por caminhão na BR-364

Trabalhador morre esmagado por caminhão na BR-364

O corpo do jovem Adálio Andrade Alves, 22 anos de idade, está sendo velado em Sena Madureira. Ele foi vítima fatal de um acidente automobilístico ocorrido no final da tarde de ontem na BR-364, entre os município de Manoel Urbano e Feijó. De acordo com informações da família, o sepultamento ocorrerá nesta quarta-feira.

br364Nesta manhã, Aldir Souza Andrade, pai da vítima e o vereador Jair Alves, tio do rapaz, compareceram à Unidade de Segurança Pública de Sena Madureira para falar com o delegado Antônio Alceste.

A família está insatisfeita com a maneira em que a situação vem sendo tratada até o presente momento. “Ele era trabalhador de uma firma, mas ninguém dessa firma apareceu até agora pra falar com a gente. Iremos pedir providências em relação ao caso”, afirmou o pai da vítima.

Pelo o que foi apurado, Adálio Alves trabalhava em uma firma exercendo a função de apontador. Há aproximadamente seis meses ele atuava fora de Sena Madureira. Segundo consta, o jovem foi atropelado por um caminhão-caçamba carregado de barro e morreu na hora.

O boletim informativo da Polícia ressalta que quando os agentes chegaram no local do acidente o motorista do veículo tinha se evadido. Testemunhas contaram que foi preciso retirar todo o barro do caminhão para que o corpo pudesse ser removido.