Morre Ruy Duarte, da célebre frase ‘Prefiro ser advogado do crime organizado do que do crime desorganizado’

Morreu na capital paulista na madrugada deste domingo o advogado Rui Duarte, que por muito anos advogou no Estado. Seu corpo será sepultado em Rio Branco. Ruy, tido como um dos mais competentes e com livre trânsito nos meios forenses, também teve uma vida no Acre cheia de polêmicas.

ruy_duarteNo começo governo do PT no Estado, tendo à frente Jorge Viana, hoje senador, Ruy Duarte defendeu um cliente acusado de integrar o crime organizado. Questionado à época declarou: ‘eu prefiro defender o crime organizado do que o crime desorganizado’. A frase ganhou o Brasil exatamente no momento em que o Acre investia contra crimes hediondos cometidos  pelo Esquadrão da Morte, organização criminosa que tinha sustentáculos na polícia acreana e em outras instituições.

Citado no Livro ‘Tortura Nunca Mais’, que revelou nomes de apoiadores/torturadores da Ditadura Militar, Ruy Duarte, gaúcho de nascimento, foi militar do Exército. Durante a campanha em 2009 do governo federal e a Polícia Federal para que as pessoas entregassem suas armas, ele chegou a ir superintendência da PF em Rio Branco e entregou várias da até então sua desconhecida coleção.

Ruy Duarte, que tinha 64 anos, deixa viúva e filhos.