Produção em Sena reúne instituições para alavancar setor

A prefeitura de Sena Madureira, por meio da secretaria municipal de Produção, promoveu nesta quarta-feira (6) uma grande reunião envolvendo diversos segmentos ligados ao setor rural. O encontro aconteceu no gabinete do prefeito Mano Rufino e durou mais de uma hora e meia.

produaocapaEm seu plano de ação, o secretário de Produção, Jairo Cassiano listou cinco eixos prioritários para serem trabalhados ao longo do ano: Mecanização agrícola, casas de farinha, piscicultura familiar, bacia leiteira e pecuária. A reunião serviu para debater essa questão e a prefeitura se dispôs a intermediar essa relação com o homem do campo, sem esquecer-se de suas responsabilidades.

Um dos temas levantados no encontro diz respeito à questão do acesso aos produtores. O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais em Sena, ‘De Jesus’, defendeu trabalho de reabertura de ramais em tempo hábil para facilitar o escoamento da produção. “É preciso prefeito, que seja realizado um serviço de qualidade e que o maior número de moradores seja atendido”, considerou.

O prefeito Mano Rufino garantiu que todos os esforços serão concentrados para que essa demanda seja atendida a contento. “Sabemos da importância que é esse trabalho. Por isso, não mediremos esforços para contemplar nossos produtores”, salientou.

Mano disse também que nesses últimos anos o homem do campo recebeu vários benefícios, reconhecendo, no entanto, que muito ainda precisa ser feito no referido setor. “Queremos agradecer a presença de todos e dizer que a prefeitura será parceria de primeira hora. A questão da produção rural é bem ampla e não dá pra ser resolvida sozinha e sim com a união de todos”, comentou.

O secretário de Produção, Jairo Cassiano, por sua vez, enfatizou que as parcerias a serem firmadas terão como foco facilitar a vida de quem mora na zona rural. “Precisamos nos organizar. O setor rural tem crescido bastante, só de ramais Sena Madureira tem mais de 1.500 quilômetros. Faremos bons projetos para que o homem do campo seja contemplado”, frisou.

Além disso, será colocado em prática nos próximos dias um calendário de atividades na zona rural. Será uma espécie de atendimento itinerante da produção, onde servidores dos órgãos ligados ao setor rural serão convidados a irem às localidades e lá mesmo reunirem-se com os moradores. “A intenção é que o colono seja atendido na sua própria área. Essa atitude facilitará em muito para eles”, destacou Cassiano.

Participaram da reunião representantes do Deracre, Seaprof, Cooperiaco, Colônia de pescadores, Imac, Idaf, Incra,Cageacre, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, IBGE, além do vice-prefeito, professor Hermano (PCdoB), secretários municipais e o professor Rivaldo Severo (Boim).