Comécio acredita em aumento no número de empregos durante Carnaval

Comécio acredita em aumento no número de empregos durante Carnaval

Com o objetivo de sondar a reação do comércio local relacionada à decisão do governo do Acre e município de Rio Branco em privatizar a festa de carnaval. A Fecomércio contatou 72 empresários do ramo de comércio de adereços, bebidas, alimentos, dentre outros, para traçar expectativas no período carnavalesco. A pesquisa foi realizada entre os dias 23 a 25 de janeiro.

O estudo aponta que 32% dos entrevistados acreditam que a decisão oficial não vai afetar em nada o movimento de vendas no período festivo. Outros 56% por cento se mostram ainda mais enfáticos quando afirmam que a expectativa das vendas para o período não vai mudar em nada.

Com relação à geração de empregos em decorrência do período carnavalesco, 21% dos empresários são incisivos na afirmação de que vai haver aumento de vagas para o período.

Mediante avaliação dos empresários quanto à participação popular no carnaval, 22% acenam positivamente no evento local e 21% acreditam em normalidade nas vendas no período. Porém 57% consideram que a decisão de retirada do governo do comando das festividades vai comprometer o desempenho do mercado de consumo de bens e serviço de utilização especifica no carnaval.

Quanto ao aspecto de segurança do público participante, os dados analisados demonstram que os empresários do comércio tem posição favorável, haja vista que 39% afirmam que vai ser melhor, somados a outros 42% que esperam uma segurança organizada e compatível com a demanda da época.