Sena: prefeitura vai contratar 150 professores

Sena: prefeitura vai contratar 150 professores

A prefeitura de Sena Madureira, por meio da Secretaria Municipal de Educação lançou nesta quinta-feira (14) no diário oficial do estado edital nº 01/2013 que trata sobre a abertura de um processo seletivo simplificado, visando à contratação de 150 professores que irão atuar nas escolas das zonas urbana e rural da cidade.

sec_wanda_motO quadro de vagas encontra-se distribuído da seguinte forma:

Professor do Ensino Infantil  (18 vagas para a zona urbana e 02 para a rural)

Professor do 1º ao 5º ano (60 vagas para a zona urbana e 40 para a rural)

Professor do 6º ao 9º ano (10 vagas para a zona urbana e 15 para a rural)

Professor para Atendimento Educacional Especializado (05 vagas para a zona urbana). Das vagas existentes, 5% são destinadas para deficientes físicos. No ato da inscrição declarar ser deficiente físico.

Os cargos exigem nível médio completo (Magistério) e nível superior. As inscrições serão feias nos dias 15, 16 e 18 de fevereiro, no núcleo da Universidade Federal do Acre (UFAC), situado à Rua Monsenhor Távora, no período de 8 horas às 12 horas e das 14 horas às 18 horas. O candidato não pagará taxa de inscrição.

É necessário apresentar no ato da inscrição: Currículo atualizado e comprovado, contendo fotocópias dos documentos correspondentes ao cargo a que concorre.

Fotocópia do diploma de ensino médio, pedagogia e demais licenciaturas, autenticado em cartório; Fotocópia do documento oficial de identidade (RG ou CNH), fotocópia do cadastro de pessoa física (CPF).

Remuneração

O professor Nível médio Magistério receberá um salário de 804 reais. Já o professor de nível superior Pedagogia receberá um salário de 1.061,28 reais. O prazo de validade do concurso será de um ano, podendo ser prorrogado pela secretaria municipal de educação por igual período.

O processo seletivo simplificado será de fase única: Análise de currículo, de caráter eliminatório e classificatório.

De acordo com a secretária municipal de educação, Wanda Mota (foto), desde o inicio do ano vem sendo feito um levantamento nesse sentido. “Foi feito um diagnóstico com muito cuidado e percebemos a necessidade que há. O processo seletivo virá para suprir essas demandas, fazendo com que o ano letivo transcorra dentro do planejado. O prefeito Mano Rufino tem recomendado muito isso e demonstrado que objetiva priorizar a educação do município ”, explicou.