Campanha: mais de 8 mil doses de vacina serão usadas contra a Gripe em Sena

A Prefeitura de Sena Madureira, por meio da secretaria de Saúde, iniciará a partir do dia 15 deste mês, a campanha de vacinação contra a Gripe. Aproximadamente oito mil e cinqüenta doses da vacina serão disponibilizadas para atender a população da cidade.

gripeA coordenadora municipal de imunização Meireneia Souza, diz que a vacina é indispensável para a prevenção da doença que já deixou várias pessoas hospitalizadas.

“É importante que a comunidade participe e não deixe passar essa oportunidade. A gripe pode apresentar em alguns casos complicações graves a saúde”, disse.

Em Sena Madureira as doses da vacina estarão disponíveis nas dez unidades de saúde pública a partir do dia 15 de Abril e se estenderá até o dia 26 do corrente. O dia D acontecerá durante todo o dia 20 de Abril.

Para os reeducandos do presídio Evaristo de Moraes, a equipe da secretaria está disponibilizando a vacina nesta quarta-feira (3).

 A secretaria de Saúde também estará com uma equipe para realizar atendimento especificamente para os idosos que estarão reunidos na Associação Atlética Banco do Brasil AABB (06) na tradicional festa da terceira idade.

Quem pode tomar a vacina

·         Crianças de seis meses a menores de dois anos

·         Gestantes

·         Trabalhadores de saúde

·         Povos indígenas

·         Indivíduos com 60 anos ou mais de idade

·         População Privada de Liberdade (detentos)

·         Pessoas portadoras de doenças Crônicas

·         Mulheres no período até 45 dias após o parto

A Gripe constitui-se em uma das grandes preocupações das autoridades sanitárias, devido ao seu impacto na mortalidade. Segundo especialistas no assunto, o s sintomas da gripe muitas vezes são semelhantes aos do resfriado, que se caracterizam pelo comprometimento das vias aéreas superiores, com congestão nasal, rinorréia, tosse, rouquidão, febre variável, mal – estar, mialgia e cefaléia.

A maioria das pessoas infectadas se recupera dentro de uma ou duas semanas sem necessidade de tratamento médico. No entanto, nas crianças muito pequenas, idosos e portadores de quadro clínicos especiais, a infecção pode levar às formas clinicamente graves, pneumonia e morte.

A Prefeitura de Sena Madureira, por meio da Secretaria municipal de saúde, iniciará a partir do dia 15 deste mês, a campanha de vacinação contra a gripe. Aproximadamente oito mil e cinqüenta doses da vacina serão disponibilizadas para atender a população da cidade.

A coordenadora municipal de imunização Meireneia Souza, diz que a vacina é indispensável para a prevenção da doença que já deixou várias pessoas hospitalizadas.

“É importante que a comunidade participe e não deixe passar essa oportunidade. A gripe pode apresentar em alguns casos complicações graves a saúde”, disse.

Em Sena Madureira as doses da vacina estarão disponíveis nas dez unidades de saúde pública a partir do dia 15 de Abril e se estenderá até o dia 26 do corrente. O dia D acontecerá durante todo o dia 20 de Abril.

Para os reeducandos do presídio Evaristo de Moraes, a equipe da secretaria está disponibilizando a vacina nesta quarta-feira (3).

 A Secretaria municipal de saúde também estará com uma equipe para realizar atendimento especificamente para os idosos que estarão reunidos na Associação Atlética Banco do Brasil AABB (06) na tradicional festa da terceira idade.

Quem pode tomar a vacina

·         Crianças de seis meses a menores de dois anos

·         Gestantes

·         Trabalhadores de saúde

·         Povos indígenas

·         Indivíduos com 60 anos ou mais de idade

·         População Privada de Liberdade

·         Pessoas portadoras de doenças Crônicas

·         Mulheres no período até 45 dias após o parto.

 

A gripe constitui-se em uma das grandes preocupações das autoridades sanitárias, devido ao seu impacto na mortalidade. Segundo especialistas no assunto, o s sintomas da gripe muitas vezes são semelhantes aos do resfriado, que se caracterizam pelo comprometimento das vias aéreas superiores, com congestão nasal, rinorréia, tosse, rouquidão, febre variável, mal – estar, mialgia e cefaléia.

 

A maioria das pessoas infectadas se recupera dentro de uma ou duas semanas sem necessidade de tratamento médico. No entanto, nas crianças muito pequenas, idosos e portadores de quadro clínicos especiais, a infecção pode levar às formas clinicamente graves, pneumonia e morte.