Governador assina ordem de serviço em Sena de 3 milhões para instalação de Fábrica de Borracha

Tião Viana participou nesta sexta-feira de dois momentos considerados importantes para o município de Sena Madureira. Acompanhado do Senador da república Aníbal Diniz (PT), do prefeito de Sena Madureira, Mano Rufino, de secretários e de vereadores da cidade, o governador esteve presente inicialmente no bairro Eugênio Areal, onde foi inaugurada uma Panificadora Comunitária.

borrachasenaO investimento foi feito pelo governo, através da Secretaria de Pequenos Negócios, com o apoio de parceiros como Senac e Sebrae, garantindo a geração de doze empregos diretos. Os moradores participaram de um curso sobre panificação, se capacitando para o mercado de trabalho. A Panificadora fica localizada na Rua Luiza Costa Figueiredo. “Trata-se de uma iniciativa que muda a economia e traz qualidade de vida para as pessoas. O governo do estado tem buscado incentivar os pequenos negócios no Acre e aqui em Sena Madureira não é tem sido diferente”, destacou o governador.

O prefeito de Sena Madureira, Mano Rufino parabenizou o governador Tião Viana pela iniciativa: ‘trata-se de uma grande conquista para a comunidade’, enfatizou.

Além da inauguração da Panificadora, o governo do estado, por meio do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), entregou 214 cadeirinhas que serão usadas como auxílio para o deslocamento das crianças à escola. Inicialmente foram contempladas as escolas de educação infantil Chapeuzinho Vermelho e Iracema Modesto. A diretora do Detran, Sawana Carvalho também participou da entrega desse material.

Fábrica de Borracha

borracha2Do bairro Eugênio Areal, a equipe se deslocou para o km 4, da Br-364, sentido Sena/Rio Branco, onde o governador Tião Viana e o secretário Edvaldo Magalhães assinaram a ordem de serviço de 3 milhões para a construção da Indústria de Beneficiamento de Borracha – Granulado Escuro Brasileiro (GEB).

Diversas lideranças acompanharam o desfecho da cerimônia, principalmente representantes de comunidades rurais de Sena Madureira, presidentes de bairros, entre outros.

Em sua fala, o governador reafirmou o compromisso com o município de Sena Madureira, ressaltando que confia na administração do prefeito Mano Rufino e que a Fábrica de Borracha estará alavancando a economia da cidade, ao passo em que irá valorizar o homem do campo e garantir a geração de empregos. “O governo garante o investimento e adiana que esse trabalho será  gerido e conduzido pela comunidade. É o associativismo, o cooperativismo, a economia agroflorestal se instalando, fazendo mudar o padrão de vida das pessoas. O governo do estado tem, dessa forma, uma visão de futuro, dando grandes passos nessa caminhada que o povo de sena Madureira é merecedor”, concluiu.

Mano Rufino: “Sena Madureira entra no processo de industrialização”

manoDemonstrando bastante alegria, o prefeito de Sena Madureira, Mano Rufino, disse ao longo do evento que o município será um referencial no que tange a compra e beneficiamento da borracha, já que estará recebendo produtos de outras cidades. Rufino destacou o trabalho do governo do estado, adiantando que Sena Madureira entra no processo de industrialização. “Hoje o governador garante essa fábrica de borracha para Sena, mas é bom lembrar que também já está sendo construído o pólo moveleiro. São investimentos que irão refletir na geração de empregos para nossa cidade. Queremos agradecer o empenho do governador Tião Viana e dizer que confiamos no governo da Frente Popular”, complementou.

O Secretário municipal de produção, Jairo Cassiano, também falou sobre a importante iniciativa. “Essa sexta-feira entra para a história de Sena Madureira. Trata-se de uma indústria que, sem dúvida, trará benefícios para nosso município. A Prefeitura estará incentivando também nesse sentido”, frisou.

Geração de empregos

areaborrachaTrabalhando em um turno, a indústria empregará cerca de 60 funcionários. Dependendo da produção este número pode chegar a 180, divididos em três turnos. Aproximadamente 4.000 extrativistas serão contratados para fornecer o Látex.

A indústria terá capacidade de produzir 1000 kg/h, chegando a uma produção mensal de 176 toneladas.

A obra será executada dentro de oito meses, com valor de 3 milhões de reais. Equipamentos de produção contratados e em fabricação com prazo de entrega para setembro de 2013, no valor de 2,7 milhões de reais. A previsão é que em março de 2014, a indústria já inicie a operação, com os equipamentos instalados e todos os funcionários treinados.