Wagner Sales na iminência de perder o mandato na prefeitura de Cruzeiro do Sul

Página 20 – O juiz José Wagner Freitas Pedrosa Alcântara, titular da 4ª zona eleitoral da Comarca de Cruzeiro do Sul, já deve ter encaminhado a essa hora ofício à Câmara Municipal daquele município para que a casa baixe decreto legislativo extinguindo o mandato do prefeito Vagner Sales (PMDB). A partir da expedição do ofício, a Câmara tem prazo de até 72 horas para cumprir a decisão do juiz, que atende à determinação da Justiça Federal  sobre a perda dos direitos políticos de Sales.

wagner_salesO prefeito responde à acusação de apropriação indébita de cotas de passagens aéreas durante mandato de deputado estadual. Os advogados recorreram à sentença de três anos e quatro meses de detenção em regime aberto, mas no final de semana a ministra do Supremo Tribunal Federal  (STF), Ellen Gracie, relatora do processo, confirmou e certificou o trânsito em julgado mantendo a decisão da justiça.

O vice-prefeito Mazinho Santiago (José Delmar Santiago), 55, também do PMDB, deverá assumir o cargo.