Obras do Linhão até Cruzeiro do Sul começam em agosto

Obras do Linhão até Cruzeiro do Sul começam em agosto

A Centrais Elétricas do Norte do Brasil S/A (Eletronorte) divulgou na manhã desta terça-feira, 10, que as obras do linhão de energia que irá até Cruzeiro do Sul começam já no dia 1 de agosto. A linha parte de Rio Branco, numa extensão de 660 quilômetros, e tem um investimento de R$ 370 milhões, que incluirá novas subestações em Feijó e Cruzeiro do Sul, gerando 1.200 postos de trabalho, preenchidos preferencialmente por mão de obra local. 

O linhão é resultado do esforço pessoal do governador Tião Viana, que desde 2011 vem mantendo negociações com o Ministério de Minas e Energia. A grandiosa obra terá 36 meses de execução e está programada para ser entregue no segundo semestre de 2016, beneficiando as cidades de Feijó, Tarauacá, Cruzeiro do Sul e Guajará (AM).

Segundo o diretor de Engenharia e Planejamento da Eletronorte, Ademar Palocci, o linhão irá transferir 230 kW de potência e aposentará as usinas termelétricas da região, que geram energia por meio da combustão de diesel. “O Acre está passando por um processo de se integrar cada vez mais ao Sistema Interligado Nacional [SIN]. Hoje, a capital é abastecida por duas linhas de transmissão, e aqueles problemas de fornecimento foram todos superados. Agora estamos levando energia limpa e mais confiável para o oeste do estado”, ressalta Palocci. 

O Instituto de Meio Ambiente do Acre (Imac) é hoje o responsável pelo licenciamento ambiental da obra. O secretário de Meio Ambiente, Carlos Edegard de Deus, explica: “Esse era um sonho do povo acreano, que vai levar energia limpa e mais barata ao estado. Do ponto de vista ambiental, todos os estudos estão sendo feitos de forma correta. Já temos a rodovia BR-364 ligando o Acre de ponta a ponta, e agora estamos desenvolvendo ainda mais o estado, levando energia”. 

Conquista – Após um primeiro leilão com licitação deserta, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou em novembro do ano passado o sucesso do segundo leilão para contratação de empresa especializada para a construção de linhas de transmissão de energia elétrica em 12 Estados brasileiros. O lote N, um dos 17 ofertados, foi arrematado pela Centrais Elétricas do Norte do Brasil S/A (Eletronorte), que tem a responsabilidade da construção da nova linha e de duas subestações no Acre.

[divulgação agana]