NOTA de Solidariedade do PT a militante político

NOTA de Solidariedade do PT a militante político

O Partido dos Trabalhadores se solidariza com o militante petista, presidente da Associação de Homossexuais do Acre (AHAC) e secretário nacional de direitos humanos da Articulação Brasileira de Gays (ArtGay), Germano Marino, pelos ataques sofridos, quando, em uma atitude preconceituosa, criminosos picharam ameaças de morte à sua pessoa, no muro de sua residência.

Germano Marino é reconhecido por sua luta contra a homofobia e contra a intolerância religiosa. Um militante que honra as bandeiras de luta petista e orgulha a todos por fazer parte dos quadros do Partido dos Trabalhadores. Um cidadão de postura ilibada, querido por todos.

A direção do PT alerta para que tal atitude criminosa seja tratada com a devida cautela, pois o ocorrido trata-se de um caso de polícia, além de extremante grave. A intolerância e a falta de respeito à pessoa não devem ser admitidos.

Desta forma, à medida que se solidariza com Germano Marino, o Partido dos Trabalhadores espera que os criminosos sejam identificados e responsabilizados, que tal violência seja banida de nossa sociedade e que o respeito aos homossexuais seja um fato e não um sonho.

Gabriel Forneck
Presidente Municipal – PT/Rio Branco
Ermício Sena
Presidente Regional – PT/Acre