Coligação de Márcio Bittar e Gladson Cameli entra com processo contra o ‘Sorriso Show’ (multa de 21 mil e retirada do programa do ar)

Coligação de Márcio Bittar e Gladson Cameli entra com processo contra o ‘Sorriso Show’ (multa de 21 mil e retirada do programa do ar)

Atualizado – A coligação ‘Por Um Acre Melhor’, dos candidatos Márcio Bittar e Gladson Cameli entrou com processo contra o comunicador ‘Sorriso Show’, do programa da FM Dimensão, de Sena Madureira, por este ter realizado um debate entre os candidatos ao Senado no dia 25 de setembro.

No debate, divulgado com antecedência de vários dias, todos os candidatos foram convidados através de ofício, segundo Sorriso.

No entanto, somente o candidato Gladson Cameli não compareceu alegando ter outras agências de campanha. Roberto Duarte (PP), Fortunato (Psol) e Perpétua (PCdoB) participaram do encontro.

No pedido à justiça, a coligação da oposição quer que o programa Sorriso Show também seja multado em 21 mil e programa tirado do ar.

Em outro pedido, a coligação pede indenização de mais 106 mil, referente à suposta propaganda eleitoral ilegal do programa Sorriso Show por ter promovido o debate com os candidatos ao senado.

O comunicador Sorriso está em Rio Branco onde, com apoio de advogados, entregou as cópias do programa a seus advogados que já estão preparando o recurso.