Sabesp (o Saerb de São Paulo) deixou os paulistas sem água, mas doou meio milhão para o tucano Fernando Henrique Cardoso

Sabesp (o Saerb de São Paulo) deixou os paulistas sem água, mas doou meio milhão para o tucano Fernando Henrique Cardoso

Por Fernando Brito (tijolaço) –

Não é justo culpar São Pedro.

Todo mundo sabe, ou deveria saber, o que aconteceu com a Sabesp nos últimos tempos.

A estatal que cuida da água no estado mais rico foi saqueada pelos tucanos desde que entraram no governo. Era usada para comprar a mídia, por exemplo. A empresa anunciava em canais de TV do Brasil inteiro, embora apenas oferecesse serviços em São Paulo.

Era usada para fazer doações para amigos, como ocorreu em 2006, quando doou meio milhão de reais para o Instituto Fernando Henrique Cardoso.

Era usada para distribuição de dividendos aos acionistas, muitos deles em Nova York.

Só não era usada para uma coisa: fazer os investimentos necessários em infra-estrutura hídrica, sobretudo interligando o sistema de distribuição de água do estado de São Paulo.

Os tucanos passaram tantos anos falando em “choque de gestão” e “competência”, e agora o Brasil inteiro irá sofrer as consequências de um choque sim, mas de incompetência absoluta, porque a interrupção em indústrias e campos agrícolas no estado, por falta de água, refletir-se-á na economia nacional como um todo.

 
Matéria da Folha que fez a denúncia:

DOAÇÃO

SABESP DEU R$ 500 MIL PARA PROJETO DE INSTITUTO DE FHC

DA REPORTAGEM LOCAL

O Instituto Fernando Henrique Cardoso, entidade não-governamental criada pelo ex-presidente da República, recebeu no ano passado doação de R$ 500 mil da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo), administrada por indicados pelo PSDB.

(…)

N.R – Esses tucanos…