Deputado Zen: Cartório é melhor que ganhar na Mega Sena

Num dos municípios do Acre, o dono do cartório – que nem no estado vive – diz a amigos, quando resolve pôr os pés na cidade, que o lucro líquido ao mês é de quase 100 mil.

Poucas empresas no interior do Acre têm um lucro desses ao mês.

Cartórios viraram verdadeiros prêmios para os seus proprietários.

Às custas de exorbitantes preços cobrados dos mortais que precisam de um carimbo ou adesivo colado numa folha de papel.

É o melhor negócio da China…no Acre hoje em dia.

J R Braña B.

 

Do gabinete parlamentar

Deputado Daniel Zen pede esclarecimentos sobre taxas abusivas praticadas por cartórios no Acre

zen

Na sessão desta quarta-feira  da Assembleia Legislativa, o deputado estadual Daniel Zen (PT) apresentou requerimento à Mesa Diretora solicitando, à Presidência do Tribunal de Justiça do Acre (TJ/AC), informações sobre os faturamentos obtidos pelos cartórios no anos de 2010 a 2014. Segundo o deputado, o requerimento é necessário para esclarecer à população sobre quais as obrigatoriedades que devem ser cumpridas pelos cartórios e oficiais registradores.

“As reclamações da população são diversas, vão desde a demora no atendimento até os altos valores que são praticados pelos serviços cartoriais. É uma fiscalização necessária e de interesse público”, explica o deputado Daniel Zen.

No requerimento apresentado, o deputado pede informações sobre a existência de recomendações, ou documentos similares, sobre a carga horária dos oficiais registradores e obrigatoriedades referentes ao atendimento público (dúvidas, reclamações, esclarecimentos ou questionamento de valores e serviços prestados).  Solicita também que informem sobre quantos e quais documentos devem ser registrados na aquisição ou transferência de imóveis. “Os serviços elaborados pelos oficiais registradores, muito embora sejam exercidos em caráter privado, são de natureza pública, uma concessão” , disse Zen.