Cadê a crise? Embraer anuncia pedidos de US$ 2,6 bilhões