População deve se adaptar ao Código de Processo Civil que entra em vigor em março