Alan tem o melhor currículo entre os pretendentes à prefeitura de Sena (a)

 

J R Braña B.

O nome do PT para a disputa em Sena é Alan Areal.

Hoje foi a vez dele no programa do sorriso Show.

Na pequena análise que faço dos pretendentes a comandar o município, afirmo em primeiro lugar sobre Alan: é o que tem o melhor currículo entre todos.

Não só pelo fato de ser médico, mas também porque demonstrou ser um sujeito polido e que respeita os adversários.

Até agora foi o único que citou outros pré-candidatos.

Citou a Charlene e o prefeito Mano, da Frente Popular, claro, mas citou-os.

Isso demonstra amplitude e leveza política, tão raros entre os políticos de um modo geral.

Alan foi o único até agora que foi para o programa com um tablet pontuando as coisas que ia falar ao entrevistador.

Mostrou ser organizado, pragmático e antenado com a tecnologia, o que é fundamental nos tempos atuais.

Sena Madureira precisa de lideranças capazes de mudar a trajetória do município, encruado (parado) durante 111 anos no atraso econômico e social.

E sem cabeças lúcidas e ousadas a cidade não vai nunca para a frente.

Alan focou muito na saúde e isso talvez não tenha sido muito bom para o conjunto das pessoas que o ouviam.

Sena precisa de um projeto de cidade.

Um projeto de cidade que contemple as suas prioridades incluídas aí a infraestrutura, a economia, educação, segurança, serviços, tecnologia e, claro,  a saúde da qual Alan é um médico infectologista.

Sem um projeto de cidade Sena não terá futuro algum.

No campo político foi bem e não correu da polêmica sobre os escândalos que envolveram o seu partido, o PT.

-Não é somente o PT que está envolvido, mas o PMDB e o PP, principalmente – disse.

Eu acrescento: o PSDB também, pois é o partido que começou o mensalão e sem falar no histórico nefasto do governo FHC para o Brasil (compra da reeleição, banestado, furnas, privataria etcc).

Alan fez questão de dizer quem é seu exemplo de político no Acre.

-Angelim, o prefeito da capital que passou por dois mandatos sem uma única denúncia de corrupção.

E mais;

Funcionalismo público?

-Concurso.

Reeleição?

-Sou contra.

Empregos na prefeitura?

-Não. A máquina tá inchada.

O desafio principal?

-Construir uma maternidade em Sena.

Dívida com quem?

-Com meus pais. Devo tudo a eles.

Essa declaração de Alan deve ter tocado fundo na população e soa como música aos ouvidos de mães e pais (pois é um filho falando e reconhecendo)

E a prefeitura serve para quê?

-Para fazer diferente. Não preciso da prefeitura para mim. Sou bem resolvido pessoalmente e financeiramente. Quero deixar um legado.

Alan marcou um ponto hoje na corrida à prefeitura de Sena.

O desafio é alcançar a fita de chegada na escolha do candidato preferencial do governo.

ouça o áudio abaixo com a entrevista de Alan Areal ao programa Sorriso Show (Dimensão FM-Sena)

 

 

J R Braña B.