Revista Forbes: Brasil, de joelhos, pode voltar ao FMI

Com Lula e Dilma o FMI desapareceu das terras brasileiras.

Com o governo Temer, interino e ilegítimo, o chicote do Fundo Monetário Internacional pode retornar ao país e recomeçar dar as cartas.

fmi
Lula pagou e entidade dos bancos caiu fora; com Temer FMI deve voltar para infernizar a vida do povo com seus pacotes

Manchete da Forbes:

Brazil’s Political Left Ousted The IMF, But New Leadership May Need It Back (Esquerda brasileira derrubou o FMI, mas a nova liderança (? – J R Braña B),Temer, pode precisar do organismo de novo)

 

no 247:

Reportagem da Forbes, uma das principais publicações de economia e negócios dos Estados Unidos, afirma que, embora a esquerda tenha livrado o Brasil do Fundo Monetário Internacional, o novo governo, de Michel Temer, pode vir a precisar de socorro internacional; texto é pelo jornalista Kenneth Rapoza, que entrevistou Alicia Garcia-Herrero, ex-economista do FMI, para quem o Fundo é “necessário mais do que nunca” no Brasil de Michel Temer; para a economista, a atual política fiscal é inconsistente e “um calote da dívida é sempre uma possibilidade”; ela afirma, ainda, que um aumento de impostos é necessário e que o governo não tem demonstrado a firmeza necessária no enfrentamento dos problemas; Rapoza, da Forbes, lembra que a última dívida do Brasil com o FMI, de US$ 15,5 bilhões, foi paga pelo ex-presidente Lula, num gesto de resgate da soberania brasileira

Continue lendo aqui no 247

E em inglês aqui na Forbes