PEC 241: Peso da crise nas costas dos trabalhadores (v)

É o fim do SUS, Mais Médicos, Saúde da Família, Farmácia Popular… – Caf

Rede Brasil Atual:

“Significa retirar direitos, diminuir salários, aumentar o desemprego. É uma forma de descarregar a crise na classe trabalhadora”, disse o líder nacional do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), João Pedro Stédile, sobre a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 241, que congela os gastos do governo por 20 anos; para Stédile, a saída é a mobilização popular; “O espaço da burguesia para fazer a luta de classes é o Parlamento, o governo. O espaço da classe trabalhador, do povo, é a rua”; assista