Sena: prioridade do prefeito eleito deve ser um projeto de cidade

concha1
Cultura em Sena: Concha Acústica construída e abandonada

Não ouvi a entrevista do prefeito eleito de Sena, Mazinho Serafim, à FM Dimensão.

Passei os olhos na degravação que fizeram e está disponível na internet.

Tenho que confiar que seja mesmo o que foi dito no rádio.

Vamos admitir que é real, verdadeira.

Alguns coisas o prefeito eleito respondeu bem e outras, não.

Mazinho, que ainda tem dois meses e meio para pensar a cidade, disse que quer manter os salários em dia, o que é bom.

Falou em prazo de três meses para começar a ser cobrado, o que é razoável também.

Sobre a formação do governo é que acho que começa equivocado: disse que já tem vários nomes definidos para o primeiro escalão (secretários).

Deveria o prefeito eleito usar esses dois meses e meio para elaborar um projeto para a cidade (desenvolvimento: infraestrutura, educação, cultura, comércio e mini indústrias – polpas de frutas, costuras, centro de abastecimento etc…).

Primeiro o prefeito deve saber o que quer fazer na cidade…depois define quem vai pôr nas secretarias. E não o inverso.

Exemplo: a secretaria de Educação e Saúde tem que ser alguém com estatura profissional para o cargo…Não pode ser qualquer Zé Groselha só porque é aliado ou fez campanha.

Pessoas que possam expressar de forma clara o projeto do setor para a cidade nos quatros anos.

E não burocratas que ficam o dia todo dentro das secretarias carimbando documentos achando que tão fazendo grandes coisas.

O grande problema do prefeito Mano Rufino (dito, inclusive, pela Amac) foi a sua equipe. E é verdade.

Penso que é preciso levar pessoas de Rio Branco com experiência para ajudar Sena (agora, pelo amor de Deus! Não aqueles velhos malas do PMDB que estão encostados na capital e que já estão mais ultrapassados que tudo).

No começo da administração Mano, um mala desses de Rio Branco que me refiro foi contratado para ‘dar cursos e cursos’ ao primeiro escalão…taí o resultado.

A missão da prefeitura é promover o desenvolvimento e o bem estar da comunidade de Sena Madureira.

A prefeitura não é patrimônio do prefeito nem de secretários.

Por isso, antes de escolher secretários, assessores e aspones diversos, o prefeito tem que reunir as pessoas de sua inteira confiança (convidar outras capacitadas para ajudar) e definir a Sena Madureira para os próximos quatro anos.

Repetindo: infra, educação, saúde, cultura (amplo setor que nunca foi explorado como deveria), comércio, mini indústrias.

Simples, assim.

J R Braña B.

 

PS: Ah, e ocupar com empresas do ramo madeireiro todos aqueles galpões no Parque Industrial que o governo ergueu quando Edvaldo Magalhães estava à frente da Sedens. Fazer funcionar e ser um polo de trabalho e geração de riqueza no município.