PMs da polícia do PMDB do Rio se recusam a bater em trabalhadores manifestantes (v)

pm-rio

Pelo menos dois policiais da PM do Rio de Janeiro, ‘administrada’ pelo PMDB do Temer, se recusaram a bater em manifestantes em frente à Assembleia Legislativa e abandonaram a tropa.

Eles descobriram que também são trabalhadores assalariados batendo em trabalhadores em protesto contra o governo que quebrou o Rio de Janeiro.

Veja o vídeo no jornal Extra, do Rio:

 

J R Brãna B.