Ferreira Gullar (1930-2016): Poema sujo (v)

Ferreira Gullar, lê seu mais conhecido e famoso poema.

Antes de morrer disse à filha, que queria prolongar sua vida por meios de recursos com aparelhos num hospital do Rio:

-Isso tudo é inútil. Me leva para Ipanema. Quero entrar no mar e ir embora.

Poema foi escrito na Argentina, véspera do golpe contra Evita (ele havia saído do Chile após golpe no governo eleito de Salvador Allende).

Gullar morou ainda na Rússia, quando foi filiado ao Partido Comunista.

Leitura de Poema Sujo interrompe na melhor parte…(não há completo lido por Ferreira Gullar)

Poema sujo: