Com Sonegômetro contribuinte saberia por que falta recurso na saúde, saneamento, educ…

A Acisa (Associação Comercial do Acre) instalou na sua sede um painel que chama de ‘impostômetro’ onde mostra o suposto volume de recolhimento de impostos do cidadão acreano.

É uma cópia piorada do da Fiesp, aquela instituição do pato, do Paulo Skaf (PMDB), dedurado também na Lava Jato pelo publicitário Duda Mendonça por receber dinheiro via caixa dois quando foi candidato ao governo paulista.

Tudo onda.

Quanto custa a sonegação no Brasil?

Se instalar o Sonegômetro que os auditores fiscais (SINPROFAZ) desenvolveram aí, sim, os contribuintes vão saber de verdade quem sonega (e prejudica) no Brasil.

E não são os assalariados trabalhadores que enganam o fisco.

J R Braña B.