Ferrovia Interoceânica: será tema de audiência (só governo legítimo tira esse sonho do papel)

A depender do governo ilegítimo, esqueça.

Ministro Blairo Maggi (agricultura) visitou Rio Branco na semana passada e declarou: ‘só sai se a China fizer tudo’.

Traduzindo: o governo golpista/ilegítimo não tá nem aí para o desenvolvimento do Brasil que leve em conta o Norte.

J R Braña B.


do gab do sen JV

Comissão de Infraestrutura do Senado aprova requerimento de Jorge Viana para discutir projeto que liga Brasil ao Peru

A Comissão de Infraestrutura do Senado aprovou, na manhã desta terça-feira, requerimento do senador Jorge Viana (PT-AC) para discutir a viabilidade técnica e econômica da Ferrovia Transcontinental, também conhecida como Ferrovia Bioceânica, que liga o Brasil ao Oceano Pacífico.

A audiência pública será realizada em abril e terá a participação de representante da China Railway Engineering Corporation(Crec), responsável pelo estudo de viabilidade da obra. O custo estimado é de US$ 50 bilhões.

O requerimento de Viana teve o apoio dos senador Acir Gurgacz (PDT-RO), Eduardo Braga (PMDB-AM), Wellington Fagundes (PR-MT) e Valdir Raul (PMDB-RO)

A Ferrovia Bioceânica deve ligar Brasil ao Pacífico e, segundo estimativas, deve demorar nove anos para ser construída e terá mais de 5 mil quilômetros de extensão. Ela parte de Goiás, cruza a Cordilheira dos Andes a 2.050 metros de altitude, terminando em Bayovar, no norte do Peru.

A ideia é que a ferrovia transporte 23 milhões de toneladas de carga, podendo dobrar o volume total em 25 anos. Para efeitos de comparação, esse número equivale a levar 37% da carga da região do Mato Grosso ao país vizinho.