Educação: 28 milhões para funcionar escolas em tempo integral

AgGov:

O governador Tião Viana e o secretário de Estado de Educação e Esporte (SEE),  Marco Brandão, realizam nesta sexta-feira, 31, no Teatro Plácido de Castro (Teatrão), uma aula inaugural das escolas que passarão a ter ensino em tempo integral.

Ao todo, serão sete as escolas de Rio Branco do ensino médio: Armando Nogueira, Glória Perez, Instituto de Educação Lourenço Filho (IELF), José Ribamar Batista (Ejorb), Sebastião Pedrosa, Humberto Soares e Boa União.

Para tornar as escolas em tempo integral no ensino médio uma realidade, estão sendo feitos investimentos na ordem de R$ 28 milhões, dois quais R$ 21 milhões recursos do próprio governo do Estado e os outros R$ 7 milhões do governo federal, repassados pelo Ministério da Educação (MEC).

Este ano, a meta do governo do Estado é atender inicialmente 3.760 alunos e as aulas se iniciam de fato no próximo dia 3 de abril. Além da reforma e adequação dos espaços, a SEE também realiza a formação continuada de professores, coordenadores e gestores para garantir a qualidade do ensino.

Para 2018, a meta do governo do Estado é ampliar esse modelo em pelo menos mais cinco regionais, estendendo também para o ensino fundamental e para a zona rural.

De acordo com a professora Rúbia Cavalcante, diretora de Ensino da SEE, as escolas em tempo integral são o princípio educativo que é tornado realidade por meio de práticas e vivências. “Possibilita aos estudantes envolver-se em atividades direcionadas à solução de problemas reais, desenvolvendo a capacidade de iniciativa e de atuação colaborativa”, destacou.