Governo anuncia nova Unidade de Conservação (ente M Urbano e Feijó)

AgGov:

No Acre, o Dia Mundial do Meio Ambiente foi marcado por novos avanços na consolidação da política de desenvolvimento sustentável.

Enquanto o mundo sofre retrocessos ambientais, que impactam diretamente nas mudanças climáticas do planeta, o governador Tião Viana assinou na tarde de segunda-feira, 5, dois importantes decretos: de revisão e atualização do Zoneamento Ecológico-Econômico (ZEE) e de criação provisória de uma nova Unidade de Conservação (UC), a Floresta Estadual do Afluente.

(…)

“Enquanto o mundo vive esse conflito de uma crise ecológica mundial, aqui no Acre estamos criando mais uma UC, que logo estará consolidada. Ao mesmo tempo, cumprimos rigorosamente aquilo que foi pactuado no ZEE, que é nosso guia de uso e conservação das áreas do estado nos caminhos da sustentabilidade. Vamos revisar esse instrumento de gestão e criar uma nova estratégia de uso do ambiente natural, determinado pelo Zoneamento Ecológico-Econômico”, ressaltou Tião Viana.

(…)

Floresta Pública

Localizada entre Manoel Urbano e Feijó, a Floresta Estadual Afluente possui uma área de 155 mil hectares e foi doada ao governo do Acre pelo governo federal. A Sema e o Instituto de Terras do Acre (Iteracre) já iniciaram o processo de regularização fundiária da região, bem como o diálogo com os comunitários.

Estima-se que até meados de 2018, a UC seja criada permanentemente, após concretização dos estudos.

(…)