Petecão e a reforma trabalhista: o Temer pensa que eu sou besta

Menos mal que o senador Sérgio Petecão tenha faltado e ajudado, mesmo que indiretamente, a luta dos trabalhadores para manter conquistas de décadas.

Pelo menos dessa vez Petecão sentiu a pressão das ruas, das redes sociais e sumiu, escafedeu da sessão de votação da Comissão de Assuntos Sociais, que rejeitou o relatório do senador golpista tucano Ricardo Ferraço (PSDB-ES) e mandou para as calendas, pelo menos por enquanto, a Reforma Trabalhista.

O senador Otto Alencar (PSD-BA), contrário à reforma, votou como suplente de Sérgio Petecão (PSD-AC), que estava ausente.

Por 10 a 9 o relatório da maldade contra os trabalhadores foi rejeitado,..A matéria agora segue para Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ).

Tenho dito aqui no blog que Petecão é um político que veio do povo, da Seis de Agosto, e que tem se equivocado desde quando se juntou à elite política para derrubar Dilma, que não cometeu crime algum.

Petecão não pertence à Casa Grande…ele sabe disso, mas por que, então tem se posicionado contra o povo brasileiro em votações cruciais?

Sabe Deus…

Bem, o bom para os trabalhadores e para o Brasil é que Petecão, com a sua omissão, às avessas, ajudou a barrar a Reforma Trabalhista.

Quem sabe Petecão não repensa outras posições daqui por diante.

J R Braña B.

Em tempo: no facebook do senador, abaixo, alguns de seus seguidores o criticaram pela sua ausência, o que possibilitou a rejeição da matéria. Devem ser ricos banqueiros esses seguidores do Petecão para agirem assim.