Oposição ‘assume’ mesa e presidente do senado toma microfone de senadora

Tentando evitar a votação do fim dos direitos dos trabalhadores, senadores do PT ‘assumiram’ o comando da sessão desta terça, mas foram impedidos de seguir sessão de debates pelo presidente Eunício Oliveira, que chegou a retirar o microfone de lapela da senadora Fátima Bezerra (PT-RN) destinado a quem dirige os trabalhos.

Se aprovada o fim da CLT será o maior golpe nos direitos trabalhistas na história do Brasil desde 1943, quando foi criada a Consolidação das Leis do Trabalho pelo governo de Getúlio Vargas.


Luzes são apagadas no plenário do senado:


Acompanhe aqui a tv senado e a sessão de votação, que está suspensa: