Memória: há 46 anos…DC-3 caía em Sena e a fumaça parecia uma bomba atômica

Setembro de 1971…um dia como hoje (28).

O DC-3 da Cruzeiro do Sul caiu logo que decolou do histórico e inesquecível aeródromo do principado de Sena Madureira e matou todos os passageiros e a tripulação (32 pessoas).

Foi o mais traumático acidente aéreo do Acre.

Esse (da foto abaixo) foi o avião que caiu quase às margens do Rio Caeté.

Não lembro mais o hora, mas foi entre 9 e 10h30min.

Menino com sete anos e meio e numa sala de aula do Colégio Santa Juliana, no segundo andar, junto com os coleguinhas – vi a fumaça densa, como se fosse uma bomba atômica…

Cena terrível e inesquecível.

Mas não penso mais nisso…tenho outra razão para pensar neste dia: hoje, 28, é o aniversário da Dona Rda Braña, minha mãe.

Já, já estarei com ela.

Foto do arquivo do historiador Jean Mauro para o blog

J R Braña B.


Antes publicamos…: