JV defende Rádio Comunitária e que possa vender espaço publicitário

Rádio Comunitária – Projeto foi aprovado por unanimidade na Comissão de Ciência e Tecnologia do Senado Federal e agora segue para análise na Câmara dos Deputados
rádio comunitária
(…)
“Num país continental como o nosso, esse é um serviço essencial. Com internet ou sem internet, a rádio segue sendo um instrumento fundamental. Nós estamos melhorando a vida em comunidade do Brasil votando essa matéria”, declarou.
(…)
“Eu que vivo na Amazônia, sei que as rádios comunitárias são fundamentais para serviços de utilidade pública, para a boa convivência na comunidade”, defendeu Viana que citou a existência de seis rádios comunitárias no Acre e destacou a importância dos serviços que elas prestam especialmente nos municípios do estado.
Jorge Viana também defendeu que o Senado paute o projeto de lei que regulamenta a veiculação de propagandas nas rádios comunitárias. “Não tem nada de errado fazermos isso. Hoje em dia Facebook, Twitter, Whattsapp, vivem de que? De propaganda. E nas rádios não se pode ter? Nós temos que atualizar e modernizar esse sistema. Matérias como essa fazem uma conexão do Senado com a vida nacional”, declarou Viana.

Em tempo: quem faz lobby para as rádios comunitárias não terem direito de vender espaço publicitário são os cabeças da velha mídia (o PiG) e todos os governos cedem.
Em tempo 2: O mesmo lobby que aqui no Acre (o PiGuinho) se faz para que blogs na internet, como este, por exemplo – não tenham condições de acesso à verba publicitária do estado/gov/prefeitura…embora a PMRB tenha anúncios na internet local.
J R Braña B.