Bloqueio na 364: contra o povo que pede escola, a força policial

# 364 – protesto por escola 

Os lugarejos que ficam às margens da BR-364, entre o Acre e Rondônia – são lugares esquecidos do mundo…as pessoas vivem a mercê da sorte…de algum acontecimento fortuito em suas vidas… o estado não existe e as comunidades são carentes de tudo.

364
Foto publicada no ac

Agora, dois desses lugarejos de Rondônia (estado que alguns querem como exemplo para o Acre) reivindicam – pasme: escola e outros direitos sociais legítimos e o que acontece? O estado entre em ação, não para encontrar uma solução que contemple aquelas populações nos seus pedidos legítimos, repito, mas age para retirá-las à força por meio dos aparelhos de repressão (polícias).

O tráfego de caminhões de empresas (negócios) é mais importante que o direito das pessoas viverem em lugarejos com dignidade…não se surpreenda com o que pode acontecer nas próximas horas, na BR-364, com essa decisão de pôr a polícia com solucionadora de conflitos sociais.

Repito: os lugarejos de Rondônia – abandonados!!!! – cobram transporte escolar e o começo do ano letivo e a solução é a polícia retirá-los de qualquer jeito.

É o país da justissssssaa!

J R Braña B.