Boulos em recado ao Acre: ‘o Agronegócio passa por cima de tudo’

# Boulos psol

boulos

Entrevista concedida por Guilherme Boulos nesta manhã na sede do PSol…oestadoacre.com estava lá e participou…

Guilherme Boulos é candidato a presidente da república pelo Psol e sua vice é a indígena Sônia Guajajares.

TV 5 – O que se pode esperar de Boulos na presidência da república?

GB: Estamos disputando para mudar profundamento o Brasil. Não dá mais um país que meia-dúzia de bilionários ter mais do que a metade da população. Problema não é dinheiro…o problema é a divisão, que está mal feita. Vamos pôr o dedo na ferida. Os ricos têm que pagar a conta para poder investir em saúde, habitação, educação…Todo mundo tá cansado do toma-la-da-cá da política brasileira. Vamos revogar o que Temer tirou de conquistas dos trabalhadores.

TV 5 – E as privatizações?

GB – Isso é a maior insanidade desse governo…é um crime contra o povo. Pegue as distribuidoras de energia que foram privatizadas..as contas foram lá pra cima. Uma empresa privada só pensa no lucro…não pensa no interesse da população. Quero governar o Brasil para o povo e não para bancos.

oestadoacre – Boulos, o que você conhece do Acre?

GB – Aqui vocês têm um herói que é uma referência para todos nós, que é Chico Mendes. E sei que o Acre enfrenta algumas questões que são muito importantes…Primeiro, uma experiência de governos populares, sucessivos, com valorização dos servidores, e que conseguiu compatibilizar desenvolvimento do estado com preservação do meio ambiente, da floresta…O modelo de desenvolvimento não pode ser o agronegócio, que passa por cima de tudo e todos, como tem sido em tudo que é canto do país…bota soja em tudo para exportar…o que o povo come não é o que o agronegócio produz…o que o povo come vem da agricultura familiar…70% do que vai para a mesa da gente é da agricultura familiar, que não recebe crédito.

oestadoacre – Você acha que é possível a esquerda chegar ao segundo turno sem unidade no primeiro turno?

GB – Não tenho dúvida que a esquerda estará no segundo turno. Todas as candidaturas da direita e centro-direita, todas elas, são Temer…algumas Temer disfarçadas e outras assumidas…O Temer é o governo mais rejeitado da história do país, com 3% de aprovação. O general Figueiredo, no final do mandato, que dizia que gostava mais de cavalos do que de gente, tinha mais aprovação que o Temer. A esquerda estará no segundo turno e espero que com minha candidatura.

oestadoacre – O que você acha que vai acontecer ao Lula?

GB – Nós defendemos o direito de Lula ser candidato. Ele está condenado injustamente, sem provas…É uma condenação política. Nós, do PSol, do MTST, estamos nos posicionando dessa maneira desde o começo. Defender neste momento a liberdade de Lula não é defender um candidato ou um partido, mas significa defender a Democracia brasileira. O judiciário não pode dizer, no tapetão, quem pode e quem não pode ser candidato…isso tá errado…numa democracia, o juiz é o povo.

oestadoacre – Obrigado, Boulos…

GB – Obrigado.

Em tempo: às 15h, Boulos vai se reunir com a Frente Popular (num hotel na Via Verde) e às 19h fará uma palestra na Ufac.

J R Braña B.

 

.