Nobel da Paz: ‘Não há casualidade, é crueldade contra Lula’

# esquivel nobel paz

Nesta noite na conta do TT do prêmio nobel da paz Adolfo Peres Esquivel, que lembra o 31 de agosto do golpe contra Dilma e o 31 de agosto da tirania do TSE contra Lula.