Sena tem uma semana para repor 33% dos médicos (corre, prefeito!)

# sena médicos

charge
Charge publicado no viomundo

Programa Menos Médicos!

Sena Madureira e todos os municípios do Brasil vão começar a perder seus médicos do Mais Médicos a partir do dia 25.

Bolsonaro, por discriminação ideológica, quis humilhar os cubanos com exigências políticas descabidas e Cuba decidiu retirar seus profissionais do país.

Sena perderá um terço (33%) de seus profissionais…no município o total é de 12 médicos…agora ficarão apenas 08 do único hospital (rede estadual).

Os postos da prefeitura…zero!

O Acre inteiro também tem o mesmo prazo, nove dias, para arrumar 104 profissionais médicos…

Será muito fácil recompor, imagina…médicos brasileiros estão sempre bem dispostos a trabalhar no interior…tão dispostos que foi preciso chamar cubanos e outros estrangeiros para atender milhões de pobres no Brasil ainda no governo Dilma.

Se a prefeitura de Sena (totalmente endinheirada) quiser recompor o atendimento nos postos de saúde terá que desembolsar de salários pelo menos uns 54 mil/mês…isso fora as várias exigências que os médicos que irão morar em Sena, ou em qualquer interior, fazem…

Com os médicos cubanos, pagos pelo governo federal, a prefeitura não se preocupava com esse detalhe importante.

O governo da Ilha já decidiu pelo retorno de seus profissionais, que atendem, por meio de convênios da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), pelo menos 66 nações, inclusive na Europa.

A prefeitura de Sena terá, imediatamente, condições de contratar novos médicos?

Essa é a realidade…

Cada um a 14 mil reais ou mais…

Os estados mais prejudicados serão São Paulo e Bahia.., os que têm o maior números de profissionais.

Mais da metade dos profissionais do programa no Brasil é de médicos cubanos…cerca de 8 a 9 mil.

O fato concreto é que o ódio ideológico de Bolsonaro à Cuba é muito maior do que seu amor pelo seu país, que deixará milhões de pobres sem assistência médica imediata já a partir dos próximos dias.

Por seu lado, Bolsonaro reúne nas redes antissociais uma grande legião de néscios, na verdade, imbecis, que apoiam qualquer uma de suas sandices…é o país que temos hoje!

O presidente eleito não está nem aí para mais de 20 milhões de consultas do SUS ao ano com a participação dos cubanos…

Mas, enfim, BraZil acima de tudo!

Creio que isso já seja o começo do esforço desse futuro governo para pôr fim ao SUS (criado em 1988 com a Constituição)…

Voltando a Sena, o custo não será apenas financeiro (será especialmente político para o prefeito)…idem para o presidente eleito.

medico
Post de médico cubano na sua conta do FB

Em tempo: assista o ex-ministro da saúde Humberto Costa falando sobre o assunto

J R Braña B.


Gostou desse conteúdo? Ajude a manter oestadoacre….clique aqui…