Ipea: 20 milhões de jovens nem estudam nem trabalham na AL e Caribe (v)

# ipea jovens

Ipea

O estudo “Millennials na América e no Caribe: trabalhar ou estudar?“, lançado no Brasil nesta segunda-feira (03), na sede do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), em Brasília, apresenta uma radiografia da juventude da região a partir de dados de 15 mil jovens de 15 e 24 anos, moradores de áreas urbanas de nove países: Brasil, Chile, Colômbia, El Salvador, Haiti, México, Paraguai, Peru e Uruguai. A pesquisa revela que em média 21% dos jovens, o equivalente a 20 milhões de pessoas, não estudam nem trabalham. Enquanto isso, 41% se dedicam exclusivamente ao estudo e/ ou capacitação, 21% só trabalham, e 17% trabalham e estudam ao mesmo tempo.

Realizado pelo Ipea em parceria com a Fundación Espacio Público do Chile, o Centro de Pesquisa para o Desenvolvimento Internacional (IRDC) do Canadá, e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID),…

(…)

Em tempo: O estudo completo você pode ler aqui en castellano

Em tempo 2: o Ipea terá influência e papel importante no governo Bolsonaro


Ajude a manter oestadoacreclique aqui