Acordo: taxistas da capital vão fechando cerco à concorrência desleal (a)

# taxistas acordo

taxistas
Acordo entre taxistas de Rio Branco e Boca do Acre (AM): mediação das prefeituras dos dois municípios

Além da rígida fiscalização imposta pela RBtrans (prefeitura) em cima dos motoristas de app que estariam combinando corrida por fora do aplicativo (segundo o sindicato dos taxistas da capital) em pontos estratégicos da cidade, um acordo está sendo celebrado entre os taxistas de Rio Branco com os táxis-lotação de Boca do Acre (AM).

O acordo envolveu as prefeituras de Rio de Branco e o município amazonense… (em breve vai disciplinar com as mesmas regras o trajeto dos taxistas dos municípios do Acre que fazem lotação para a capital)

Os taxistas de Boca do Acre não poderão mais ‘pegar’ ou buscar passageiros em residências, hotéis e similares.

O presidente do sindicato dos taxistas do Acre (Esperidião Teixeira) explica em dois áudios:


Em tempo: uma espécie de rodoviária deverá ser construída nas imediações da UFAC para atender os taxistas dos municípios de Sena, MU, Feijó, TK e Juruá, segundo o sindicato da capital.


Gostou desse conteúdo? Ajude a manter oestadoacreclique aqui