Gov do Acre insiste em modelo analógico e ainda implora por Rondônia

gov acre ro #

ANGA

modelo
Clique de cima de um drone: fotografia de plantação de soja ainda do governo anterior que serve de apoio propagandístico para o governo do Acre

Em parceria com setor agropecuário, governo promove encontro de empresários para negócios no Acre

O governo do Estado, por meio da Secretaria de Produção e Agronegócio (Sepa) em parceria com o Grupo Boasafra, realiza nos dias 21 e 22 de março um encontro entre empresários do Acre e Rondônia para a expansão do setor de grãos no estado.

O evento chamado “Acre Rumo às Quatro Safras” faz parte do protocolo de intenções assinado entre os governos de Acre e Rondônia pela parceria no desenvolvimento do agronegócio do estado e principal bandeira de avanço econômico do governo Gladson Cameli.

Na quinta-feira, 21, a partir das 9 horas, no Theatro Hélio Melo, haverá uma palestra pública com uma apresentação da atuação no mercado de grãos em Rondônia pelo proprietário do Grupo Boasafra, Gilberto Borgio. Em seguida, o gerente de produção agrícola do Grupo, Renildo Rolim, falará sobre o projeto Quatro Safras para o Acre.

(…)

Em tempo: para entrar no século XX  (sim, no século XX) o Acre precisa apostar em tecnologia avançada, internet para todos de máxima velocidade, de ponta a ponta de Estado incluindo a juventude talentosa acreana…mas é isso muito difícil de entrar na cabeça de governantes…que mudam até de nome na Casa Rosada, mas não de modelo.

Em tempo 2: para o atual governo do Acre, Rondônia é inspiração…cada um acredita no que quer.

J R Braña B.


Atenção: aos que desejam receber as publicações de oestadoacre.com se inscrevam no sininho ou enviem o numero do Zap para 68 9 9921 6315 que incluiremos na lista de leitores que receberão os posteres do blog…Obrigado


(Ajude a manter oestadoacre…a imprensa do Acre precisa de visões diferentes e na contramão da maioria…oestadoacre é informação e contrainformação…é também análise…precisamos da sua ajuda para seguir adiante…você pode contribuir a partir de R$ 5…manter um medio independente, livre, democrático, defensor dos DH, plural não é fácil…ajude a manter oestadoacreclique aqui)